Mulheres no Paintball

Este artigo sobre as mulheres no Paintball surgiu com o intuito de esclarecer aos menos atentos que o Paintball não é um jogo exclusivamente de homens, como se possa pensar!

Ao passar os olhos por algumas revistas de Paintball não pude deixar de reparar que as fotos e os artigos são na sua generalidade sobre equipas de homens e as suas prestações nos vários tipos de Paintball. Têm também um tipo de publicidade um pouco sexista, como por exemplo, mulheres em reduzidos biquinis, ou com calções curtíssimos e top tão explícitos que chegam a roçar a pornografia, a fazer publicidade a novos marcadores ou acessórios!! Ora uma mulher que abra uma revista destas vê logo qual o publico alvo! E de certeza que não lhe agrada muito o que vê. Porque não homens igualmente esbeltos de tronco nu com a ultima geração de marcador, em punho?
Para além disto temos também o factor “preconceito social” que leva algumas mulheres a retraírem-se de experimentar este jogo. A Sociedade desde sempre que nos impõem valores do género, as meninas devem brincar com bonecas e os meninos com armas e carrinhos… Sem comentários! Hoje em dia vemos como este tipo de mentalidade começa a mudar, no entanto ainda existem muitos preconceitos por aí.

Outro aspecto em que provavelmente muitas mulheres pensam é a violência. Pois enganam-se! O Paintball não incentiva a violência, não tem qualquer tipo de objectivo violento, e não é perigoso! Se todas as regras de segurança forem cumpridas à risca, nada de grave poderá acontecer aos seus praticantes! E as mães de crianças que se entusiasmem por este desporto devem ler mais informação sobre como se joga, quais as regras de segurança e de equipamento e devem, não só, levar os seus filhos para jogarem, como também elas próprias agarrarem num marcador e sentir a emoção do jogo no mato!

Eu pessoalmente conheço um casal com dois filhos em que o mais velho, agora com 12 anos, é já um praticante deste desporto tão saudável. E se não me engano cada vez mais vai melhorando a sua perícia em campo, não só porque o pai também joga, mas de certeza que o facto de ele ver que a sua mãe também gosta de jogar, é mais um incentivo!

Já existem algumas equipas femininas em Portugal, nomeadamente as Power Paint Girls (pioneiras), as Angels e muitas outras a nível mundial (nomeadamente as Bunker Babes, as Sindicatz, as Fat Lady Charms e as Destiny).

Estas mulheres deram os seus primeiros passos no Paintball em jogos de Recreativo, e logo cedo passaram à competição. Eu falei com alguns elementos de equipas femininas portuguesas (e também com outras do Paintball Internacional,) e obtive algumas respostas às minhas dúvidas sobre a participação das mulheres no Paintball.

Uma das minhas questões foi a cerca das opiniões sobre este jogo. Algumas disseram que achavam que era um jogo entusiasmante e tinham muita expectativa em jogar, mas também algum receio! Estas opiniões após o primeiro jogo alteraram-se um pouco, nomeadamente no que diz respeito ao medo que tinham antes dos jogos. Este sentimento esvaiu-se por completo. Qual medo de nódoas negras qual quê!?

Na minha opinião acho que as mulheres, tal como os homens, entregam-se de tal modo à adrenalina e a emoção do jogo que nem sentem os impactos! E no final de um dia de jogo bem passado, contar as nódoas negras até tem uma certa piada!

Perguntei-lhes também, como foram recebidas pelos homens quando apareceram pela primeira vez em campo, e a resposta foi unânime! Todas disseram que tinham sido muito simpáticos e que tinham demonstrado um grande cavalheirismo! No entanto, depois de se defrontarem com elas em campo começaram a perceber o seu potencial e deixaram de lhes dar um tratamento “especial”.

Antes de continuar devo aqui esclarecer que as equipas femininas que contactei são equipas de Competição. No entanto, o denominador comum é que TODAS começaram no Recreativo!

Apesar de hoje levarem a competição muito a sério, as suas opiniões sobre o Recreativo não se alteraram em muito, sim é entusiasmante a caça no mato e eliminar o adversário, camuflada de tal maneira, que o dito nem sabe de onde elas lhe chegaram. 😉 Mas a adrenalina viciante é mesmo na Competição, por isto é que ao experimentarem uma vez o Airball, não quiseram outra coisa!

Quando eu ouvi falar em Paintball pela primeira vez a sensação que tive foi que seria algo no mínimo entusiasmante. Não, nem me passou pela cabeça a parte menos positiva, as nódoas negras e ter de rastejar no mato entre silvas e cardos. Pelo contrário, até gostei bastante da ideia! Só não sabia que também existiam outras modalidades como a competição (Airball). Eu fui aprendendo isto e muitas outras coisas à medida que ia pesquisando sobre este desporto e a sua dimensão.

Há medida que fui lendo mais informação sobre o jogo, começaram a aparecer alguns receios sobre as nódoas negras que poderia ter ou do denso mato com silvas e cardos…Como combater este factor? Simples, JOGAR! Nem me passaram pela cabeça todos os receios que tinha antes de jogar, joguei e gostei bastante!

E assim foi, o primeiro jogo em que participei foi espectacular! Adorei o convívio, e o desenrolar do jogo. Mas algo bloqueava o meu desejo de continuar… Eu fui para acompanhar o meu namorado, foi ele quem me incentivou, e deparei-me com muitos outros homens, e mulheres? Onde andavam elas? Esta questão não parava de surgir na minha cabeça de cada vez que me convidavam para participar em mais um jogo.

Não é que a companhia feminina seja essencial para jogar, não é só isso, apenas acho que as mulheres não deviam ter receio de experimentar este tipo de desporto.

Para quem gosta de mato, churrascadas e convívio saudável nada melhor que participar nos jogos de Paintball Recreativo.

Antes de obrigarmos as nossas amigas, as namoradas e as esposas, a entrar em campo temos de ter consciência que nem todas tem a mesma maneira de ser, umas são mais aventureiras que outras, no entanto todas as pessoas devem experimentar, e pensar por si próprias se querem jogar mais ou parar pela experiência, por isso nada como desafia-las para um joguito entre amigas (ou amigos)!

Não interessa se és mulher ou homem. O Paintball é um jogo em que todos podemos participar, sem olharmos a idade nem ao sexo!

Com o Fairplay de braço dado com a responsabilidade e a segurança em campo, o Paintball só pode mesmo ser um jogo divertido e emocionante!

Ana Simões

You may also like...

Sorry - Comments are closed